Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias - CTT > CTT comemora 66 ANOS de história
Início do conteúdo da página

CTT comemora 66 ANOS de história

Imprimir
Publicado: Segunda, 11 de Maio de 2020, 17h22

“CTT- 66 anos: trilhando caminhos, superando desafios e construindo histórias...”

Julinete V. Castelo Branco-CTT/UFPI

No ano de 2020, o Colégio Técnico de Teresina completa sua longa jornada de 66 anos de existência. Essa trajetória iniciou com o Projeto da Escola Agrotécnica de Teresina, em 1954, quando a idéia surgiu em plena efervescência em torno do tema agrário no Piauí, proposta pelo, então, governador do Estado, Pedro Freitas e por fazendeiros locais. Nesse sentido, instalada como parte da rede federal de escolas agrícolas, a Escola Agrotécnica de Teresina concentrou interesses do Governo Estadual e Federal em implantar esse modelo escolar no sistema educacional piauiense, visando, assim, suprir a necessidade de técnicos para o trabalho nas fazendas locais.

Em 1954, foi instalada a Escola Agrotécnica de Teresina e dez anos depois, é inaugurada sob uma nova denominação, Colégio Agrícola de Teresina, Nessa travessia inicial, o Colégio vivenciou três etapas distintas e importantes em sua trajetória.

Primeiramente, com a sua criação e lançamento da Pedra Fundamental, quando subordinada ao Ministério da Agricultura; em 1954 e sob a direção de Carlos Estevam Pires Rebelo, que viria a dirigir o Colégio por 22 anos. A Segunda etapa, em 1964 iniciou um outro momento, com a formação de mestres agrícolas e posteriormente, em 1967, o CAT passa a ser regulamentado pelo DEM, (Departamento de Ensino Médio), com a transferência para o Ministério da Educação e em 1969, passa a promover a Educação Básica aliada ao curso Técnico Agrícola, em nível médio.

No ano de 1976, através do Decreto n. 78.672 de 5 de novembro de 1976, é publicada a transferência do CAT para FUFPI, sob a condição de continuar formando técnicos de nível médio. Nesse mesmo ano, o Curso Técnico Agrícola foi modificado para uma nova modalidade Técnico em Agropecuária.

A instituição, assim, ao longo do tempo, continuou a realizar um significativo papel na educação piauiense, representando um importante lócus de conhecimento das práticas agrárias vinculadas ao Ensino Básico. Mais recentemente, nos dois últimos decênios, o CTT-UFPI estendeu sua proposta educacional técnica e implantou o ensino das áreas de Enfermagem, em 2006, e de Informática, em 2010, incentivando também estudos e práticas de saúde e de tecnologia. O que levou à uma nova mudança na sua nomenclatura, quando posteriormente, passa a denominar-se Colégio Técnico de Teresina.

Atualmente, aos 66 anos trilhando outros caminhos e superando outros desafios educacionais, econômicos e políticos, em sua longa trajetória, acrescenta ao seu projeto inicial várias reformas e a ampliação do seu plano arquitetônico, ocorridas nessa última década. Nesse ritmo, o CTT, instalou diversos laboratórios, acompanhando a proposta de Ensino, Pesquisa e Extensão promovida pela UFPI. Recentemente, em 2018 inaugura seus primeiros cursos de Pós-Graduação.

É possível concluir, portanto que, apesar dos desafios que a educação perpassa atualmente, o CTT continua a seguir sua trilha na educação piauiense e definir-se como um espaço de múltiplas significações, histórias, memórias e possibilidades...

Fim do conteúdo da página